Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘É místico’ Category

É místico

para Thalyta

Uma vez ganhei dela um abraço que me levou pra mais perto de mim. Sentiu, falou e pensou igualzinho. Dissemos de cansaços, vínculos, identidades. De cores bonitas que pessoas pintam nos dias da gente, de coisas que vão embora como o vento que passa. E fica.
Às vezes é preciso fechar a janela e chamar o vento só quando a gente quer, né? Eu não sei de ventos, mas na guerrilha pra me manter sã, ela deixou com motivo um dia meu difícil de resistir, feito brisa na tormenta. Eu deixo pra ela palavra nua, porque a gente gosta sempre de dizer, e ela é desse povo que ta sempre sem reserva pro mundo…

É isso que dá cor à vida. Ela disse que é místico. E a gente sente.

 

Laurita


Foi pra ela que Fernando Pessoa falou hoje:

Sossega, coração! Não desesperes!

Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.

Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!
Pobre esperença a de existir somente!
Como quem passa a mão pelo cabelo
E em si mesmo se sente diferente,
Como faz mal ao sonho o concebê-lo!

Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme,
A grande, universal, solente pausa
Antes que tudo em tudo se transforme.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: